19 maio 2010

Movéis para Bebês terão Certificação Obrigatória

A certificação de produtos é um tema que vem ganhando espaço no mercado brasileiro. Com o aumento da concorrência e maior exigência do consumidor nasce a necessidade maior de diferenciação e ponto importante é a avaliação quanto à conformidade com as normas técnicas de produção. No Brasil há duas linhas de certificação de produtos: a voluntária (opcional) e a compulsória (obrigatória). À partir de julho de 2010 os berços passam a integrar a lista de produtos com certificação compulsória, tornando-os  passíveis de fiscalização e  impedidos de serem comercializados sem o selo de certificação. O Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Normatização e Qualidade Industrial) decidiu exigir a certificação do produto depois de um teste realizado em 2007, que reprovou todas as 11 amostras de marcas de berços analisadas. Desde aquela ocasião, o Instituto, a ABNT(Associação Brasileira de Normas Técnicas), demais entidades e empresários vem trabalhando na regularização da produção de móveis infantis no Brasil.
Entre outros testes serão verificados se os equipamentos ficam presos no berço (grades, estrados de colchões,...) e se o espaçamento entre as ripas das grades laterais é o recomendado (6cm).
(Fonte Revista RG Móvel, edição nº 11 - Maio 2010)
Outro ponto importante de  verificação é o funcionamento de carrinhos, cadeiras para automóvel, cadeirão de alimentação e andador. Os itens que devem ser verificados são: travas das rodas, freios,cintos de segurança, especificação dos limites de peso, revestimentos acolchoados que aumentam o conforto e protegem o bebê de pequenos impactos, alças firmes, ajustes dos itens de segurança. Peça todas as informações que julgar necessárias na hora de comprar alguns desses produtos. Pense primeiro na segurança e bem estar da criança. Nossos bebês agradecem mais esse cuidado!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Como é bom ver vc aqui. Caso queira fazer um comentário ou tenha alguma dúvida sobre a postagem fique a vontade. Obrigada pela sua participação.