06 junho 2016

Como Escolher uma Cafeteira Elétrica

Oi, pessoal. Precisei comprar uma cafeteira elétrica nova. Defini os itens que queira que o produto tivesse: desenho compacto, bonito e elegante, marcador de água no corpo da cafeteira e não somente na jarra, filtro permanente, encaixe perfeito da jarra, resistente, facilidade de limpeza, rede de autorizadas perto da minha casa. 
Comecei a pesquisar os vários modelos e marcas, incluindo na pesquisa os comentários de clientes que haviam adquirido os produtos.
Um belo design é importante, mas a funcionalidade e durabilidade do item, especialmente se for de uso diário, é fundamental. Minha primeira escolha foi o modelo PH16 inox, vermelha, da Philco, www.philco.com.br.
Achei linda mas... na hora de consultar as avaliações muitos comentários ruins. Então lembrei que meus liquidificador é da mesma marca e o design é lindo. Mas a tampa do mesmo simplesmente não encaixa. É uma briga que, confesso, já perdi. Tinham comentado nas avaliações mas na época, não dei atenção. Estavam certos. Agora preferi não arriscar.


Não estou fazendo propaganda das empresas. Estou escrevendo como consumidora. Quero alertar para o fato que devemos levar sempre em conta o bom funcionamento do produto muito além do ligar e desligar. E de reclamarmos com o fabricante para que cuidem dos detalhes fundamentais para o bom uso e confiabilidade dos produtos que colocam no mercado. Além de fazermos as avaliações nos sites para alertar outros consumidores.
E já observei outros produtos no mercado que são muito bonitos, prometem muito mas deixam a desejar, e muito, na função. Até espremedor de frutos cítricos cuja tampa afunda na hora de espremer as laranjas. É de chorar.

À propósito: acabei escolhendo um produto mais básico, mas bem charmoso, da Mondial, www.modialline.com.br, modelo Bella Arome II.
E já estou saboreando meu gostoso cafézinho diário.
Resultado de imagem para emojiss agradecer



Espero que ela dure tanto quanto, ou mais, que a minha antiga, da Electrolux.
www.electrolux.com.br

Bjs pra vcs.

25 maio 2016

Design Brasileiro


Design que admiro

O exotismo ondula em contornos e cores. É a marca da cadeira Cobra Coral que toma assento no design ousado e provocativo. A estrutura de aço inoxidável curva-se ao efeito hipnótico do revestimento executado com corda naval nos tons da serpente. O coral, preto e branco alternam-se num balé sinuoso e deixa transparecer o cuidado de mãos habilidosas por trás do cingir artesanal.



No encosto da peça o entrelaçamento enfatiza leveza e movimento. Exalta a beleza da cobra coral que habita todo o território brasileiro, encerra mitos da floresta e serpenteia poesia na música homônima de Caetano Veloso: “Para de ondular, agora, cobra coral/ A fim de que eu copie as cores com que te adornas/ A fim de que eu faça um colar para dar à minha amada/ A fim de que tua beleza, teu langor, tua elegância/ Reinem sobre as cobras não corais”.

A peça de mobiliário guarda o posto de primeira cadeira no portfólio do Estúdio desde sua abertura, há cinco anos. Lançada durante a Paralela Móvel, a estrutura simples contrasta com o porte imponente dos sofás e poltronas e mantém em comum a assinatura têxtil da amarração feita à mão. A força das cores e toda carga simbólica e mítica que reveste as serpentes a torna instigante e orgânica. Deixa um rastro de vivacidade. 

Criatura e seu criador
Fonte: Blog do Designer Sergio Matos

15 maio 2016

Varanda Charmosa Para Receber Amigos

Olá pessoal, tudo bom?

Vim compartilhar com vcs  um  projeto para uma pequena varanda de apartamento num condomínio aqui no RJ.
A varandinha está meio sem graça e os proprietários querem dar uma repaginada  deixando-a  mais aconchegante para curtir a vista e papear com os amigos.

Fiz o projeto com a planta de distribuição de moveis e objetos e as especificações de cada item: estilo, tamanho adequado, cor, textura, altura para prender os objetos, etc.

Após uma conversa com os proprietários para saber suas necessidades específicas, apresentei o orçamento e fechamos o contrato. Preparei o projeto e a especificação dos materiais. Foi aprovado apenas com a modificação do formato do espelho. Como haverá pouca intervenção no espaço e tudo ficou muito bem especificado, acordamos que a contratação da mão de obra para instalação dos itens e a compra dos objetos e materiais ficará por conta dos proprietários, para não extrapolar o orçamento deles. Ao final das instalações farei uma vistoria para ver se tudo ficou "nos conformes" Rsrs.
Costumo fazer esse tipo de projeto para alguns clientes da internet. Principalmente quartinhos de bebê, qdo o casal quer montar o quartinho mas tem muitas dúvidas sobre como fazer todos os itens encaixarem de forma harmoniosa no ambiente.

Bem, voltando a nossa varanda....

A pequena varanda ganhou graça e funcionalidade com  a nova decoração, ficando mais convidativa para  que seus  moradores possam receber os amigos ou simplesmente apreciar a paisagem do local, com deliciosos petiscos e bebidinhas.

Como a varanda é aberta e não possui toldo, todos os itens deveriam ter boa resistência à chuva e ao calor e ser de fácil  limpeza e manutenção. Os itens  que são de madeira (não caberia usar MDF neste caso)  ficam afastados do piso. Paredes e piso não serão modificados. Paredes com textura marfim e piso em cerâmica areia.



Planta baixa com a distribuição dos moeis e objetos
Especificações dos objetos:

1. Dois garden seats nas cores azul e bege,  em cerâmica vitrificada para maior resistência às intempéries,  servem como bancos ou mesinhas de apoio.

















2. Caixa com rodízios para acomodar 3  banquinhos coloridos retráteis.







3. Cachepot de madeira com planta alta













4- Tapetinho rústico de algodão ou de sisal com listras.(1,20 m x 050 cm)





5. Painel  de parede com prateleiras para acomodar quadrinhos e objetos.


6- Espelho decorativo para dar uma certa luminosidade à parede . 
     



7- Quadrinhos em acabamentos diversos.

colocado na prateleira
colocado na prateleira





Colocado na parede ao lado da porta da varanda
colocado na parede ao lado da porta da varanda


8- Enfeites diversos para complementar a decoração.







Esboço do projeto de varanda compacta (2016)

29 abril 2016

Presentes Especiais

Presentes especiais para pessoas de bom gosto. Você pode comprar na Terra Asia e receber em sua casa. Opções que agradam a diferentes estilos de pessoas e decoração. É um site pra conhecer e garimpar artigos bacanas pra vc ou prá presentear.
Acesse o link e comprove  www.terraasia.com.br


Aparadores de livros Pinóquio



Boneco Pinóquio articulado


Maravilhoso lustre marroquino em latão
Banquinhos madeira de demolição
lindas lanternas marroquinas



Lareiras á gás e ecológicas

18 abril 2016

Quanto Tecido Você Precisa Comprar Para Fazer Uma Cortina 2

Alguns leitores do blog ainda estão com dificuldade na hora de  fazer os cálculos para saber a quantidade de tecido certa para a confecção de cortinas. Sei que quando as medidas não são exatas fica realmente mais difícil calcular mesmo.
Outra dificuldade é no cálculo de cortinas menores para pias ou janelas pequenas ou basculantes.
Então pensei num macete que vai facilitar a vida de quem ainda está na dúvida. 
Vamos lá?
Importante: Antes do comprar o tecido escolha o modelo que vc vai fazer. Parece óbvio, mas muita gente gosta do tecido, compra e depois percebe que não vai ser suficiente para a confecção da cortina.

Para fazer uma cortina com 1,50 m largura x 0,85 cm altura para pia ou armário:

1) Você vai medir o comprimento do varão ou do trilho onde a cortina será presa.
2) Multiplique esse comprimento por 2. 
Ex:  varão com 1,50 m x 2 = 3,00 m 
3) Agora meça a altura que terá a cortina. Aqui ela terá 0,85 cm.
4) Some mais 20 cm ( 10 cm para a bainha (pode ser menos, mas evite fazer uma bainha muito fina pois a bainha ajuda a "armar" a cortina e deixar o acabamento mais profissional. E 10 cm para a barra superior com ilhós). 
Teremos então um total de 0,85 + 0,20 = 1,05 m de altura de tecido.

 As larguras dos tecidos em geral são:

1,40/1,50m (largura simples)  ou  2,80/3,00 m (largura dupla).

Se o tecido escolhido tiver largura dupla (2,80 ou 3,00 - geralmente os tecidos mais indicados para cortinas tem largura dupla), vc vai precisar de apenas 1 altura de tecido. Assim com 1,20 m de tecido você vai confeccionar sua cortina de  1,50m de largura X 0,85 cm de altura (tamanho acabado já com barras laterais, bainhas e acabamento para ilhós). 
DICA  1:
Você percebeu que eu arredondei a quantidade de tecido, pois na soma deu 1,05 m, para vc poder alinhar as bordas caso o tecido tenha sido cortado torto na loja (o que normalmente acontece, fique de olho).

 Mas digamos que o tecido que vc amou e que mais combina com a decoração da cozinha tenha apenas 1,40 ou 1,50 m de largura.
Vc irá multiplicar a altura de tecido (já somadas as bainhas) por 2 . Assim 1,05 x 2 = 2,10 m. Por que vc precisará de 2 partes de tecido com 1,40 m de largura x 1,05 m de altura que  é igual a 2,10 m. 
Arredondando, você precisará comprar 2,30m de tecido com 1,40 ou 1,50 m de largura para confeccionar a mesma cortina  de 1,50 m de largura x 0,85 cm de altura.
DICAS 2:
Com o mesmo cálculo vc pode fazer cortinas maiores para as janelas, seguindo as observações para os diferentes tipos de tecido. Mas em geral, quanto mais fino e leve o tecido, mais vezes vc vai multiplicar para conseguir um bom franzido ou pregas mais profundas e ter uma cortina farta.

DICA  3:
Outra opção é usar o tecido de 1,40 ou 1,50 m de largura no comprimento ao invés de usar a largura. Caso a estampa e o caimento do tecido permitam, é claro (veja a foto 2). Usamos esse "truque" quando a medida do varão é maior que 1,60m ou quando queremos a cortina inteira e o tecido que vamos usar tem 1,40 m de largura. Assim : 1,60 m x 2 = 3,20 m (arredondando....) você compraria 3,40 m de tecido com 1,40 ou 1,50m de largura.
DICA 4:
A cortina pode até ser reta, sem franzidos, mas só fica realmente bonita se o tecido for bem firme como as lonitas ou tecidos bem encorpados. E as costuras laterais mais largas (entre 2 e 3 cm e a barra com 7cm para cima)
DICA 5: 
Sempre que possível e, especialmente em tecidos de algodão, gosto de lavar o tecido antes de confeccionar a cortina para que a encolha natural do tecido ocorra e não seja preciso ajustar a bainha depois. É mais fácil fazê-lo em cortinas curtas. Quando a cortina é longa, geralmente deixo uns 3 cm mais comprido.

Agora alguns modelitos para você se inspirar:




Este modelo é super simples de fazer e fica lindo em cozinhas ou churrasqueiras. E até mesmo em janelas. É só fazer um túnel uns 2 cm mais largo do que o diâmetro do varão e franzir  cortina apenas passando o varão pelo tunel.
Aqui foi usado o franzidor próprio para cortinas e argolas para prendê-la ao varão.

Esta cortina é presa com carretilhas num trilho para cortina embutido no tampo da pia.

Quanto mais próxima do tampo é instalado o varão mais bem acabada fica a cortina