17 julho 2010

Cozinha Sustentável

A cozinha costuma ser o coração da casa. Lugar onde a família se reúne diariamente e tem se tornado ponto de encontro com os amigos. Assim, vale a pena destacar algumas práticas sustentáveis que nos ajudarão, de forma natural e pouco trabalhosa,  a melhorar a qualidade de vida e a preservação do nosso planeta. 

Vamos aos itens básicos: 
Geladeiras - devem ser posicionadas longe do forno, fogão ou de janela que receba luz do sol direta pois o calor prejudica seu funcionamento, forçando-a a consumir mais energia. Abra a porta somente quando necessário e verifique se a borracha de vedação está funcionando bem. Nunca utilize a parte traseira para secar roupas ou objetos.
Fogão - posicione-o longe de correntes de ar pois o vento interfere no consumo de gás. Ao cozinhar prefira panelas que correspondam ao tamanho da boca do fogão, evitando assim perda  de calor. O desperdício de gás também é evitado com a limpeza frequente dos bicos e queimadores do fogão.
Pia - Utilize sempre detergentes biodegradáveis pois não poluem as águas. Mantenha as torneiras bem fechadas e sem vazamentos ou pinga-pinga. Evite deixar a torneira aberta enquanto você ensaboa a louça. No caso de lava louças procure utilizar a capacidade máxima de louça por cada uso. Torneira elétrica consome muita energia. Limite sempre que puder o seu uso.
Lixo - Tenha uma lixeira para o lixo orgânico: restos de alimentos e detritos e uma para o lixo reciclável: papéis, vidros, latas, plásticos, PET.... Óleo de cozinha usado pode ser acondicionado em garrafas PET e enviados a  postos de coleta que o destine a empresas que produzem biodiesel ou sabão com ele. Jamais descarte-o na pia ou no vaso sanitário ou ralos, pois o óleo chega intacto aos rios e represas da cidade contaminando a água e o solo.
Alimentos - Faça um cardápio semanal antes de ir às compras de supermercado para evitar desperdício e economizar dinheiro. Verduras, frutas e legumes da estação tem sempre o preço mais em conta. Leve sacolas retornáveis ou caixas de papelão para acondicionar suas compras. O uso de sacolas plásticas deve ser reduzido pois elas levam cerca de 450 anos para se decompor na natureza, e sempre que  mal descartadas causam enormes danos ao meio ambiente. Hoje a estimativa no mundo  é de que 1 milhão de sacolas plásticas sejam descartadas por minuto. É muito para a natureza!
Quando são abandonadas em vazadouros impedem a passagem da água, retardam a decomposição dos materiais biodegradáveis e dificultam a compactação de detritos. Ainda contribuem para a formação de zonas mortas de até 70.000 km² no fundo dos oceanos. Enquanto não se chega a uma solução satisfatória para o problema, podemos colaborar diminuindo  o uso dos sacos plásticos oferecidos diariamente em farmácias, locadoras, bancas de jornal, livrarias, padarias e supermercados. 
Economize tempo e dinheiro:
  1. Organize sua lista por categoria: grãos, laticínios, perecíveis, higiene e limpeza.
  2. Evite amassar as embalagens dos produtos colocando os itens mais resistentes por baixo (como garrafas, latas), depois embalagens pesadas: pacotes de arroz, feijão, açúcar, farináceos...
  3. Os penúltimos itens comprados devem ser legumes e frutas e, finalmente produtos refrigerados e ovos.
    4 . Olhe sempre a data de validade dos produtos e leia os rótulos das embalagens dando preferência aos produtos certificados por entidades que atestem sua origem.
Como você pode ver, são pequenas atitudes que podem e devem ser incorporadas ao nosso dia a dia que farão grande diferença num futuro bem próximo. Vale a pena tentar.


2 comentários:

  1. Respostas
    1. Obrigada. Ajude o blog a divulgar idéias como essa que sirvam para melhorar a vida das pessoas. Grande bj. Catharina

      Excluir

Como é bom ver vc aqui. Caso queira fazer um comentário ou tenha alguma dúvida sobre a postagem fique a vontade. Obrigada pela sua participação.