23 janeiro 2010

Decorando Ambientes específicos

Quando pensarmos em decorar um ambiente: quarto de bebê, por exemplo, devemos ter especial cuidado quanto à escolha dos tons para as paredes e a iluminação. O objetivo é se criar para o bebê um ambiente de tranquilidade e aconchego, remetendo ao que ele tinha no útero materno, sem contudo privar-lhe de bons estímulos. Para isso, deve-se levar em conta não somente o gosto pessoal dos pais, mas as necessidades do futuro ocupante do espaço. Podemos utilizar diversas tonalidades: do vermelho ao preto e branco ( por que não?), criando um quarto harmonioso. Aconchegante. Temos que ter em mente que o conhecimento, bom senso e sensibilidade devem estar reunidos para o desenrolar de tal tarefa e, que colorir o ambiente não passa somente pelas paredes- cortinas, pisos, revestimentos de estofados, almofadas, móveis, objetos e brinquedos são recursos que podem e devem ser utilizados.
Quanto à iluminação, a luz natural junto com a ventilação, são grandes recursos para deixar o ambiente arejado e asséptico. A iluminação artificial deve ser bem pensada para se agradável, colaborando para o bem estar da criança. Luz incidindo diretamente nos olhinhos do bebê, quando deitado no berço ou nos momentos de amamentação ou higiene, são bem desagradáveis. A luz indireta neste caso é sempre bem vinda.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Como é bom ver vc aqui. Caso queira fazer um comentário ou tenha alguma dúvida sobre a postagem fique a vontade. Obrigada pela sua participação.