23 janeiro 2010

Cores - Algumas dicas básicas

Cada cor tem sua vibração própria e provoca sensações diferentes nas pessoas. O emprego das cores deve- se basear, entre outros aspectos, na funcionalidade - como o espaço será usado( é uma sala, quarto adulto, infantil, bebê, home office, cozinha) e pelo clima que se deseja criar: intimista, aconhegante, imponente, descontraído, jovial, repousante.

A luz também é fator determinante, já que sem luz não há cor. Em ambientes com pouca luz natural, será interessante aplicar tons claros, pois tonalidades mais escuras tendem a "fechar" e diminuir visualmente o ambiente.

Assim, tonalidades vivas "esquentam" o ambiente. Cores frias (cinzas, azuis, alguns tons de verde...) são mais calmas, remetem à paz e tranquilidade. Tonalidades vibrantes (pink, coral, verdes mais carregados, vermelhos) dão personalidade, contrastam ou destacam paredes e objetos. Cores frescas iluminam os ambientes trazendo sensação de amplitude em espaços reduzidos (certos tons de verde, lilás, rosa clarinho). A cor também pode ser utilizada como ótimo recurso visual para personalizar espaços (quartos, salas de estudo) ocupados por dois irmãos de sexo diferente ou não, fato bem corriqueiro nos dias de hoje.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Como é bom ver vc aqui. Caso queira fazer um comentário ou tenha alguma dúvida sobre a postagem fique a vontade. Obrigada pela sua participação.