26 outubro 2015

Como é a Numeração da Sua Casa?


É casa grande. É casa pequena, É casa  em condomínio. É casa de vila. É sobrado. É triplex. É casa num sítio , numa chácara ou fazenda. É apartamento, loft , flat ou quitinete. É casa na periferia. É casa em bairro chique. É casa de praia. É casa igual a sua ou a minha. Parecidas por fora.  Diferentes por dentro. Mas todas tem uma coisa em comum: precisam de um número para serem  localizadas.

Desde que a numeração das casas apareceu nas metrópoles européias, no século XVIII, cada cidade tem um jeito diferente de colocar algarismos nas suas construções. Mas vocês se recordam ou sabem como se faz essa numeração?

 Na maioria das cidades brasileiras, e aqui não é diferente, o que geralmente ocorre é que a numeração cresce de acordo com a distância em relação ao chamado marco zero, que quase sempre fica no centro da cidade. Esse ponto é a principal referência para determinar onde fica o começo da via e indicar qual lado recebe casas com números pares ou ímpares .  Por convenção, subindo-se a rua, à direita, ficam os números pares e, à esquerda, os ímpares. Para isso, os técnicos medem quantos metros separam o começo da via da entrada de pedestres da casa (ou do meio do terreno, no caso das áreas vazias).  Geralmente, é essa distância que define o número do imóvel. Mas há que se valer do bom senso. Por exemplo: do inicio da rua C até a entrada de pedestres  da primeira casa da rua, a medida deu 26 metros; porém a casa fica no lado ímpar, o número da casa será o ímpar seguinte mais próximo no caso, o 27.
É claro que há   algumas nuances, mas o princípio geral é este.
Fiz uma seleção bem legal de placas usadas para exibir a numeração de algumas casas e prédios.  Há placas para vários estilos e gostos.
Vamos conferir?








Para quem mora em apartamento é um pouco mais complicado dar uma personalizada na numeração, já que quase sempre é padronizada. Ainda assim há prédios com   sinalização numérica bem interessante. Mas quem habita uma casa pode deixar marcado seu estilo logo de primeira. Só vale lembrar que a númeração deve ter tamanho e formato bem legíveis e, sempre que possível estar iluminada para melhor visualização à noite.