28 março 2012

Tema em Alta na Decoração Infantil

Carneirinhos e ovelhinhas  invadiram os quartos infantis. Muito fofinhos, é um tipo de decoração que abrange todos os estilos do clássico ao mais moderno sem perder a graça. Servindo para meninos e meninas, dependendo das cores escolhidas, ainda tem a vantagem de deixar graciosa a decoração de quem não quer optar por um tema específico, servindo para dar um ar infantil ao espaço quando usado apenas em detalhes. E seus complementos se ramificam  desde almofadas, peso de porta, placas de decoração "Bons sonhos....", porta objetos, móbiles, até na hora da papinha, com o jogo americano como vcs podem ver nas fotos. Uma opção atemporal super fofa, desculpem a redundancia, que agrada em cheio a crianças e adultos.










Fotos: Revistas Casa & Ambiente,  Decoração & Estilo e Atelier Zoeh BB.

Medidas de Camas

Ainda falando sobre medida padrão de móveis, quero deixar com vcs as medidas das camas.
E lembrem-se:   ao trocar os tamanhos das camas, por menor ou maior, o enxoval da mesma também deve der trocado. Parece desnecessário mas vejo muita gente se esquecendo de comprar lençóis maiores ao trocar a cama casal por king, por exemplo.
 Então, só para lembrar:


Ou coisa: Deve-se observar uma área mínima de circulação entre os móveis, como já disse na postagem anterior, que deve ser de pelo menos 70 cm entre a cama e as paredes ( o mínimo aceitável seria 60 cm), ou entre a cama e o armário pelo menos 90 cm.

24 março 2012

Medidas Mínimas para se viver bem


Para quem está construindo ou pensando em comprar um imóvel ou fazer uma reforma a postagem de hoje servirá como orientação. São as áreas (medidas) mínimas dos ambientes  necessárias ao conforto e circulação dos usuários do imóvel como também entrada  e movimentação de móveis.  Assim mesmo que o imóvel tenha pequenas dimensões se forem  respeitadas as medidas mínimas o morador desfrutará o espaço de forma confortável.  

Cozinha -- A área mínima é de 4 m², com no mínimo 90 cm no corredor de circulação, para facilitar o trabalho sem interferir na passagem (o ideal é que fique acima disso, pelo menos 1,20 cm) A pia para lavagem de louças deve ter, no mínimo, 55 cm de profundidade enquanto que a altura média fica em 92 cm, variando conforme a estatura dos proprietários da casa.



Armários -- Para qualquer tipo de armário o ideal é não ultrapassar 1,80 m, para evitar o uso freqüente de escadas. Pode-se usar armários mais altos, mas recomenda-se que não passem de 2 m desmontados, para que possam passar pelas portas. Em caso de optar pelos armários embutidos recomenda-se que, quando suspensos, tenham pés com altura mínima de 0,10 m para facilitar a limpeza.
Área de serviço -- Área mínima de 4 m², O tanque de lavar roupas deve estar em uma altura mínima de 80 cm.
Banheiro -- As dimensões variam de acordo com as peças a serem instaladas e a categoria do mesmo, por exemplo, simples, de luxo ou funcional. Em todos os casos, a medida mínima (realmente mínima!) é de 80cm, em termos de ergonomia, mas pode ser de 90cm e até 1 metro dependendo da legislação. Se tiver apenas a bacia sanitária a área mínima é de de 1,20 m². Com bacia sanitária e lavatório a área mínima sobe para 1,50 m² com os mesmos 80cm de medida mínima.   Com bacia sanitária e chuveiro vai para 2 m².     Se contiver bacia sanitária, chuveiro e lavatório precisará de 2,50 m².
As dimensões do box de chuveiro não deveriam ser menores que 80 x 80 cm, mas em casos excepcionais se admite até 70cm, entretanto o ideal é que seja maior que 80cm, algo como 100 x 90 cm.
 Lavabo -- Quando é composto por lavatório e vaso sanitário sua dimensão mínima é de 80 x 120cm, ou seja, quase 1 m². A porta deveria ser aberta, sempre, para o lado de fora, não só para economizar o precioso espaço interno mas para permitir acesso ao interior caso alguém desmaie dentro do cômodo. 
Hall de entrada -- Para transitar sem aperto, facilitando a abertura da porta e a entrada de uma ou mais pessoas é preciso um espaço mínimo de 1,80 x 1,80 m.

Dormitórios -- A área mínima é de 8 m² enquanto que a dimensão mínima é de 2,50m. Para dormitórios confortáveis e versáteis, entretanto, recomenda-se que a dimensão mínima seja de 3,00 m. Aliás, a medida do dormitório costuma ser o módulo de medida usado no projeto de residências, quando se define a medida mínima do dormitório, que geralmente fica alinhado com a fachada do imóvel, passa-se a dimensionar os outros ambientes. Ao projetar um dormitório é preciso reservar espaço para a cama, que possui comprimento mínimo em torno de 2 m e largura que varia com o tipo. O modelo de casal tem ao menos 1,38 m mas pode chegar a mais de 2,00 nos chamados modelos “King Size”. Também é necessário espaço para circulação ao redor da cama, para tanto nas laterais deve haver uma distância livre de pelo menos 60 cm e de 75 cm nos pés da mesma. Um dormitório de empregada que realmente vá ser usado como tal deve ter, no mínimo, 6 m² de área e medida mínima de 2 m, coisa que dificilmente se vê nos apartamentos projetos atualmente.

 Closet -- A área mínima de um ambiente de vestir é 4 m², sendo que a área mínima é de 2 x 2 m. Isto porque é preciso prever espaço para a abertura das portas e também que um armário de boa qualidade tem 60 cm de profundidade e é necessário no mínimo 80cm de circulação. Os modelos comerciais de armário, entretanto, têm 55 ou até mesmo 50 cm de profundidade, insuficientes para colocar uma roupa pendurada sem amassar, mas se o usuário insistir em usar estes modelos poderá baixar a medida mínima para algo como 1,90m.
Salas -- Devem ter no mínimo 8 m² de área útil. Para salas de TV, a área mínima recomendada é de 4 x 3 m com pé-direito de 2,40 m. Isto porque é preciso fornecer conforto acústico e visual para assistir TV ou escutar música, e a distância entre a TV e o telespectador deve ficar em torno de 2,50 m. A altura do centro do monitor de TV deve estar entre 50 e 80 cm do chão. 


É recomendável reservar de 70 cm a 90 cm no mínimo, entre o encosto da cadeira e a parede para que os usuários possam sentar e levantar tranqüilamente da mesa, mas se puder deixe um espaço maior.








Escadas e corredores -- Quando de uso restrito, deve ter largura mínima de 0,90 m. Quando curva e estreita, a largura varia entre 0,70 m e 0,80 m. Para uma escada de uso comum, ou seja, com espaço para duas pessoas passarem ao mesmo tempo, a largura mínima exigida é de 1,20 m. Nas escadas de uso coletivo, ou seja, para três ou mais pessoas usarem ao mesmo tempo, a largura mínima exigida é de 1,90 m. Em todos os casos, o pé-direito deve ter, no mínimo, 2,10 m. Não se esqueça também dos degraus. Para as escadas ou desníveis serem confortáveis e seguros, cada degrau precisa terno mínimo 0,17 m de altura e 0,27 m de largura. Nunca deve ser maior que 0,85 m. Assim você garantirá segurança na circulação
Outras medidas
Garagem -- O projeto de garagens requer estudo cuidadoso, pois além do espaço ocupado pelo veículo propriamente dito há que se prever a circulação e manobra além da abertura de portas para entrada e saída de pessoas e bagagens. O espaço realmente mínimo é de 2,25 x 4,50 m, mas recomenda-se que, se possível, se passe para 2,80 x 5 m. Isto porque as vagas devem permitir que, quando o veículo estiver centralizado nela, exista um espaço mínimo de 30 cm ao redor para facilitando o embarque e o desembarque.
Adega -- A colmeia, que é o local onde se encaixam as garrafas levemente inclinadas, deve ter 30 cm de profundidade e cada compartimento deve possuir pelo menos 12 cm de diâmetro.
Além destas medidas e áreas para os cômodos, diversos elementos de uma residência têm medidas mínimas, em termos de ergonomia, facilidade de manutenção e para instalar os eletrodomésticos. Guarda corpo e peitoris -- Geralmente projetado para a proteção de escadas e terraços, o guarda corpo deve ter altura suficiente para evitar quedas. A altura mínima deve ser de 85 cm, enquanto que um peitoril de janela deve ficar entre esta medida e 1,10.
Instalação Elétrica -- As tomadas são colocadas em três alturas, conforme seu uso: as baixas, entre 25 a 40 cm. As de altura média, usadas geralmente para os interruptores, ficam entre 90 a 120cm, sendo mais usual a medida de 110cm. Já as tomadas altas, usadas para chuveiros, exaustores e aparelhos de ar condicionado, ficam entre 2,10 a 2,20 m.
Os interruptores ficam entre 1 m a 1,30 m. Nos dormitórios, é importante colocar pelo menos dois interruptores, um junto à porta de entrada e outro perto da cabeceira da cama. A campainha deve ser instalada no máximo a 1,50 m de altura para permitir o acesso a crianças e portadores de deficiência física, e no máximo a 30 cm do portão, para que o braço possa alcançá-la sem esforço.
Instalação Hidráulica -- A altura mínima do registro da água do chuveiro deve estar a 1,20 m e a ducha ou chuveiro a 2,10 m na parte de baixo, enquanto que o registro geral devem ficar a 1,90. Esgoto de tanque fica a 40 cm e de pia de cozinha a 50cm do chão.
Portas --  As medidas comerciais para as portas são de 60, 70, 80, 90 e 100cm. Usa-se a de 60cm em banheiros, lavabos e despensas, a de 70cm para banheiros e até nos dormitórios, mas nestes últimos é melhor ficar com portas de 80cm, para facilitar a entrada dos móveis. Nos corredores e portas de entrada recomenda-se portas de 90 em ou mais.
Se necessário instalar um olho mágico, este deve ficar ao centro da porta em uma altura mínima de 1,50 m, mas que deve ser medida pela altura do olho da menor pessoa da casa para garantir a comodidade de todos.
Janelas -- Seu tamanho deve seguir o desejo dos proprietários e do projeto arquitetônico. Devem ficar numa altura que permita que uma pessoa em pé ou sentada dentro do ambiente consiga visualizar o lado de fora.
Janelas de cozinha devem ter seu peitoril numa altura mínima de 1,25 m. Para dormitórios, escritório e salas, a altura mínima é de 1 m enquanto nos banheiros é de 1,80 m, podendo ser menos desde que se garanta a privacidade do usuário com elementos como vegetação, brise-soleil ou muros. Em qualquer caso, a área de iluminação deve ser de 1/10 da área de piso para ambientes de permanência prolongada, como salas e dormitórios, e de 1/7 da área de piso para ambientes transitórios, como banheiros e cozinhas.
A área de ventilação natural deve ser de, no mínimo, a metade da superfície de iluminação natural para cada ambiente.
Por exemplo, uma sala de 20 m² deve ter janela com no mínimo 2 m² envidraçada e que abra permitindo vão de ventilação com ao menos 1 m².

22 março 2012

Decoração Sustentável

Achei muito interesante uma reportagem publicada no Globo Barra no dia 18 de março de 2012. E quero compartilhar com voces. É sobre o reaproveitamento de materiais de embalagens que criativamente foram usados na decoração de  estabelecimentos  comerciais aqui na Barra da Tijuca e no Recreio, RJ. Esteticamente muito bonitos,  acrescentaram duplo valor aos estabelecimentos.
Eu, particularmente, sempre pensei que os melhores locais para se fazer reciclagem e reaproveitamento de moveis e materiais seriam lojas comerciais e suas vitrines por alguns motivos: primeiro pela necessidade de se valorizar espaços que demandam trocas frequentes e atrações sempre novas, segundo pela economia, terceiro pela facilidade de se combinar as peças adaptando-as ao espaço o que é muito mais fácil nesses espaços do que nas decorações de casas e aptos, por exemplo. Deve ser meu lado vitrinista falando alto.
Assim vejamos as imagens  que ilustram a postagem:
Aqui podemos ver rótulos ou embalagens de produtos usados num restaurante emoldurados. A ideia serve até para decorar cozinhas, churrasqueiras, bar .... em nossas casas também.


Este lindo lustre foi feito com garrafas verdes de vinho. A luz de uma única lâmpada reflete nas garrafas proporcionando um efeito lindo. Bem teatral.
Este lindo tampo de mesa foi confeccionado com o reaproveitamento de caixas de vinho. Um lindo trabalho de marcenaria que dura uma vida e empolga pela criatividade e sustentabilidade. E dá vontade de ter uma mesa assim em casa.

Aqui o bacana foi a utilização de rolhas de vinho para dar um toque diferente ao tampo da mesa e ao balcão da casa. Um vidro sobreposto completa a funcionalidade do produto.
Vale a pena investir em sustentabilidade. Agrega valor ao negócio e agrada em cheio aos clientes.

11 março 2012

Idéias que Inspiram

Idéias bacanas que nos dão motivação para uma nova arrumadinha no quarto das crianças, na sala, varanda.... enfim.... no seu espaço. Confiram. 

 Essa penteadeira infantil é tudo de bom para o quarto da filhota, ou da sobrinha, prima....
 A mesa da IKEA é tudo de bom: linda, prática e funcional para ganhar espaço na sala
 Escorredores de massas ou arroz viraram vasos para temperos. Bonito e barato.
 Tanto conforto assim não dá nem vontade de sair de casa. Os bichinhos agradecem.
Essa prateleira com ganchos e espaço para colocar um vasinho ou pote de vidro com plantas ou flores é muito linda. E vai bem em diferentes cômodos da casa. Aproveite a idéia.

10 março 2012

O Que fazer com uma Bela Bandeja? ou Como e Onde usar bandejas na Decoração

Bandejas são usadas para servir, óbvio como todos sabemos, mas podem ser utilizadas na decoração. Alguns itens são muito importantes:
1. Tamanho em relação ao lugar em que ela vai ficar (proporção) e aos objetos que receberão.
2. Material da bandeja . Exemplo uma bandeja de MDF não é  a melhor escolha para bancada dos banheiros ou locais que recebam vapor pois com o tempo vão 'inchar'. O melhor seria utilizar um material resistente, até mesmo de  madeira impermeabilizada.
3. O material da bandeja  deve dar vida aos objetos que serão expostos.
 Onde e Como Usar
Podemos usá-las para:

  • agrupar pequenos itens; (em diversos cômodos da casa)
  • como bar  organizando as garrafas de bebidas e copos; ( Sala de TV, Office ou sala de estar)
  • agrupar itens na bancada do banheiro (potes com os pincéis de maquiagem, batons, pequenos vasos) ou cozinha (xícaras, canecas ou copos bonitos, potes de temperos e vidros de azeite, vinagre balsâmico, etc, utensílios de cozinha, potes de biscoitos...)






  • sobre um aparador no hall de entrada para receber chaves e outros objetos, aqui os modelos recortados ou até mesmo petisqueiras de madeira ou louça são ótimas opções.
  • para agrupar relógios, joias mais usadas no dia a dia  e/ou perfumes no closet; (nos Quartos)
  • agrupar revistas ou livros na mesa de centro (coffee- table) ou lateral na sala.
  • agrupar itens de escritório;
  • apoiar a moringa sobre a mesa de cabeceira no quarto;
  • Colocar cor em um canto meio monótono, servindo de base para um vaso ou outro objeto bacana que precise de destaque. (qualquer ambiente da casa)
  • Substituir o centro de mesa na sala de jantar. Ou mesmo colocá-la sob um vaso de flores ou arranjo.
  • Expor um objeto especial na decoração. As com fundo espelhado são especiais para isso. Sua coleção de miniaturas ou bonecas kokeshis por exemplo. (qualquer ambiente da casa)

Enfim existe uma infinidade de sugestões.

05 março 2012

Evitando o desperdício sempre

Queridos estou de volta! Estava com saudades de vcs.
Estava passeando pelos blogs amigos quando li sobre a campanha de conscientização  que gostaria de compartilhar com voces.  Como sou apaixonada por canecas dou a maior força . Acompanhem comigo e acessem o link para conhecer melhor o trabalho do Instituto.

http://institutokautsky.blogspot.com.


Trocando o copo de plástico pela caneca



Uma coisa que as pessoas gastam, e muito, no trabalho, são os copinhos de plástico para café, chá e água. Sempre que dá aquela sede durante o trabalho é só ir ao filtro, pegar um copinho, beber e jogá-lo fora. E muita gente acaba repetindo esse processo várias vezes por dia, e dependendo da quantidade de funcionários da empresa, são muitos, muitos copos jogados fora todo dia, que acabam se tornando um gasto totalmente desnecessário. Com esse uso desenfreado, eles podem acabar sendo considerados um problema ambiental, como as sacolas plásticas. Como alternativa para evitar o descarte em massa desses copos, a opção é fazer o uso de canecas no trabalho: basta cada um usar a sua caneca, lavar e voltar com ela para sua mesa.


As empresas podem se organizar e fazer canecas personalizadas com sua logomarca, uma frase, ou com o nome dos funcionários, por exemplo. Essa ideia sustentável estará evitando o descarte desnecessário de muitos copos de plástico todo dia. Mesmo que a empresa faça a destinação correta desse resíduo, não seria melhor economizar, do que reciclar essa grande quantidade? Por isso a ideia da caneca é uma maneira muito fácil de começar a inserir meios de conscientização ambiental e social no cotidiano, que pode se estender para outras atitudes sustentáveis. Pratique a sustentabilidade!

Postado por: Pablo Pietro