26 março 2011

Cozinha livre de Fumaça - 2


 Como escolher uma coifa?
Ao instalar uma coifa de cozinha, busca-se não apenas ter um aparelho que sugue a fumaça e o cheiro, mas algo que possa compor harmoniosamente o visual da cozinha. Ao mesmo tempo, o aspecto técnico é muito importante, pois não adianta instalar uma coifa linda, mas que não faça o seu trabalho eficientemente.
Portanto, além de guiar-se pelo design da coifa, deve-se considerar alguns outros fatores.
- Como é a sua cozinha? Está em uma casa ou num apartamento? É grande, média ou pequena? É em estilo tradicional ou americano? Tem muitas portas e janelas?
Uma cozinha de apartamento costuma ser menor e mais fechada, necessitando de menos poder de sucção da coifa. Seguindo esse mesmo raciocínio, a cozinha americana ou com muitas portas e janelas necessitará de maior poder de sucção, por terem um maior espaço aberto.
- Qual será a frequência e o tipo de uso?
Existe muita diferença em instalar uma coifa num espaço gourmet, para ser utilizada uma vez ao mês e instalar numa cozinha familiar, onde digamos, 5 pessoas almoçem ou jantem todo dia. No caso da família o fator determinante para a escolha da coifa será a funcionalidade, o seu fim prático. No caso do espaço gourmet, talvez se pense primeiro no projeto arquitetônico, no aspecto decorativo, claro que também levando em conta a funcionalidade.
O tipo de uso também influencia muito na escolha, já que uma coisa é ferver água para um chá, e outra bem diferente é esquentar óleo e fazer batas fritas. A necessidade de poder de sucção da coifa é bem maior no segundo caso.
- De que tamanho é o fogão/cooktop?
Esse é um fator determinante na definição da largura da coifa. Fogões de 4 bocas são plenamente atendidos por coifas com largura de 60cm. Já os de 5 bocas podem utilizar tanto as de 70cm quanto as de 80 cm, um tamanho que tem ficado cada vez mais popular. As de 90 cm, apesar de também atenderem os fogões menores, são indicadas para os de 6 bocas.
- A coifa será de Parede ou Ilha? Qual a diferença?
Essa denominação diferencia os dois tipos de coifas existentes. A escolha de uma ou outra dependerá da posição em que o fogão está instalado em sua cozinha. Os fogões instalados na maneira mais tradicional, ou seja, encostados em uma parede, utilizarão a coifa de parede. Nesse caso a coifa é fixada na parede logo atrás do fogão para que fique posicionada acima dele. No caso da instalação do fogão em uma “ilha”, ou seja, no meio da cozinha, sem estar encostado em nenhuma parede. Nesse caso é instalada a coifa de ilha, que é afixada no teto ou laje acima do fogão. Não é aconselhável adaptar um tipo de coifa ao outro tipo de instalação, pois o resultado, principalmente em termos estéticos, fica bem abaixo do padrão.
Todos esses são fatores técnicos, determinantes na escolha da coifa. Tendo em mente todos esse aspectos, já se garante uma boa chance de escolher a coifa adequada às suas necessidades.
A partir disso, cabe a análise da parte estética, o design que agrada mais ou que compôe melhor com as linhas de sua cozinha.
As coifas tem, em essência, três designs distintos:
- Piramidal: O design mais clássico de coifas assemelha-se a uma piramide com a chaminé saindo da parte superior da piramide. É um design que casa bem com linhas clássicas ou mais simples.
- Reta: um design que se popularizou bastante em coifas residenciais, tem linhas bem mais suaves que a piramidal, apresentando um visual mais discreto.
- Com Vidro: as coifas com vidro apresentam um visual diferente no acabamento e em formato, possibilitando a harmonização com os mais diversos projetos de cozinha. É importante ressaltar que o vidro não diminui a eficiência da coifa, como muitos acreditam.
Além disso existem os modelos diferenciados de coifa, que visam antes de mais nada o aspecto decorativo, como as redondas, iluminadas, com sistema abre-e fecha e muitas outras.

23 março 2011

Cozinhas livre de fumaça e gordura é possível?


O principal objetivo de qualquer exaustão para cozinhas é diminuir a quantidade de fumaça e gordura, e para que esse objetivo seja alcançado, é necessário conhecer os tipos de exaustão disponíveis no mercado e definir o método mais adequado para sua cozinha. Ainda mais se sua cozinha for aberta ou do tipo americana, quando a coifa será item primordial.
Conheça os métodos disponíveis no mercado para uma opção segura dentro das necessidades e possibilidades técnicas de sua cozinha.
  • Coifas
    Disponíveis nas versões com motor (Exaustão Forçada), com filtros permanentes de alumínio, iluminação, dutos necessários para conduzir o ar para fora da cozinha (dutos alumínio anti-chama 5″ ou 6″ ), sendo necessário para isso instalar os dutos antes da colocação do gesso.
    As melhores marcas tem capacidade de exaustão (em metros cúbicos/hora) na variação de 80% a 90% de eficiência.
    Cata 1020 m³/h
    Falmec 1000m³/h
    Franke 900 m³/h
    Fogatti 900 m³/h
    Fischer 700 m³/h
    Purificador Comum
    É o tradicional exaustor instalado sobre o fogão. Apropriado para locais onde não existe possibilidade de instalar dutos. Ele dispõe de dois filtros, um de poliéster bidim para reter a gordura e outro de carvão para reduzir os odores. Mencionamos abaixo marcas disponíveis no mercado e sua capacidade de exaustão(em metros cúbicos/hora), com variação de 25% à 30% de eficiência. Exemplos:
    • Purificador Suggar – Brasil – (270 metros cúbicos/hora)
    • Purificador Continental – Brasil – (298 metros cúbicos/hora)
    • Purificador Bosch /BS Continental – Importada – (257 metros cúbicos/hora)
    • Purificador Brastemp – Brasil – (260 metros cúbicos/hora)


    Purificador Eletrostático
    Dispensa os dutos da mesma forma que o purificador comum. Ele funciona com duas placas metálicas que atuam como filtros, nas quais passa uma corrente elétrica, formando um campo eletrostático para ionizar o ar. Quando o ar é captado, as partículas de pó e gordura são atraídas pelas placas onde se aderem. Sua eficiência depende de limpezas realizadas de 4 em 4 meses ou de 6 em 6 meses dependendo da quantidade de fritura realizadas. Entretanto, esse trabalho requer todo cuidado e atenção, uma vez que o equipamento acumula cargas de alta voltagem. Recomendamos aguardar 15 minutos após o uso para se efetuar a limpeza.
    Depurador
    Funciona como um purificador comum, mas pode ser acoplado a dutos, transformando-se automaticamente numa coifa. Disponíveis medidas-padrão para fogões de quatro e seis bocas. Também com o filtro de poliéster e carvão ativado. As marcas disponíveis são alguns modelos do purificador comum, de acordo com as informações do fabricante. Exemplos:
    • Depurador Suxxar
    • Depurador Themarco
    • Depurador Pulsar
    Existem outras marcas de coifa no Brasil, mas que ainda não superaram as importadas em tecnologia, com 60% a 70% de eficiência.
    A melhor maneira de se fazer a exaustão da cozinha com eficiência é por meio de uma coifa com duto que leva o ar para fora da mesma. Desta forma eliminamos a gordura, a fumaça, o cheiro desagradável, o calor e a umidade, que são levados através da tubulação para fora do ambiente,renovando assim o ar do local.
    Observação:
    O carvão ativado só elimina o cheiro, deixando os outros resíduos dentro da cozinha.
    Opções para a Saída do Duto
    a) pelo teto b) pelas laterais c) pelo forro d) pela parede



    Muito Importante!
    É mais difícil ter uma boa exaustão usando coifa sem tubulação e apenas com o filtro de  carvão ativado. Sua eficiência cai em torno de 50%. Mas  as grandes marcas de coifas importadas (muitas já com  fábrica no Brasil) possuem capacidade muito boa de exaustão mesmo quando usadas como depurador (sem dutos que levem a gordura para fora do ambiente) e com  vazão acima de 700 m³/h, são silenciosas e com bom sistema de iluminação tornando-se assim, a opção mais adequada .
     A potência do motor da coifa recomendada para a perfeita exaustão de uma cozinha é acima de 270 W.
    Outro fator fundamental é observar o nível de ruído do aparelho. E também a distância (da saída de ar da coifa até chegar ao ponto de eliminação externa)  dos dutos é fator que influencia muito o desempenho e ruído da coifa.
    Informe-se também sobre o custo do filtro de carvão para troca (geralmente a cada 4-6 meses dependendo da frequência de uso).
    Procure sempre consultar o manual, SAC dos fabricantes ou mesmo empresas que fazem instalação que costumam ter engenheiros que podem esclarecer suas dúvidas.

    Os dados acima foram coletados das seguintes fontes de informação:
    • Revista casa e Jardim 2000
    • Revista Casa Cláudia – Maio de 1994
    • Revista Arquitetura e Construção 2000
    • Instituto Tecnológico da USP – Engenharia
    • Instituto Tecnológico da UFES – Engenharia
    • Estudos pessoais

13 março 2011

Uma viagem no tempo

Estava eu folheando o jornal de sábado, caderno Prosa&Verso, do jornal O Globo,  quando li a notícia sobre o lançamento de um livro sobre a Casa Encantada, casa de Santos Dumont em Petrópolis, RJ. A notícia despertou a lembrança da primeira vez que visitei a casa nos idos de 1984 (muuuuito tempo atrás).  Fiquei "encantada" com a engenhosidade do chuveiro no pequeno banheiro branquinho da residência de verão do grande inventor brasileiro.


                             
Para recordar, ou para quem ainda não visitou a Casa Encantada, esse chuveiro, invenção de Santos Dumont, funcionava à álcool: a chama aquecia a água que entrava em ebulição subindo para o balde. Esse por sua vez possuia duas alavancas: 1 para misturar água quente e fria e outra para abrir o fundo do balde.
O interessante aconteceu pouco tempo depois quando meu marido, na época  meu noivo, me levou prá conhecer o apartamento que  estava pensando comprar para nós morarmos após o casamento. Era pequeno mas bem bonitinho, com uma boa ventilação, claro e com cômodos bem distribuidos, apesar do espaço reduzido. A surpresa maior foi quando entrei no banheiro, bem, no banheirinho, como passei a chamá-lo: era todo branquinho, pequenino, me lembrou logo o banheiro da Casa de Santos Dumont. Só não tinha o engenhoso chuveiro ....  o aquecedor era à gás mesmo... Bem,  compramos o apartamento e fomos muito felizes morando nele por quase três  anos, e toda vez que eu entrava no banheiro  vinha-me  à mente a figura do banheiro de Santos Dumont. Eu havia me esquecido da cena até que li sobre o livro e tudo voltou... Estou até planejando fazer uma nova visita a Petrópolis só para rever a Casa Encantada e, hoje, com outro olhar, ver quais serão as imagens que me marcarão. Quem quiser me acompanhar na visita será muito bem vindo.
O site que conta mais detalhes sobre a Casa Encantada, que foi transformada em Museu  é www.cabangu.com.br mas bom mesmo será fazer uma visitinha .

09 março 2011

Um pouco de História sempre é bom




Fachada da Sede da Fazenda
Olá pessoal, aproveitei o  feriado de carnaval aqui no Brasil  para conhecer a Fazenda Mulungu Vermelho,  em Vassouras, cidade  à 116km do Rio de Janeiro.Vassouras  possui clima tropical e pertence ao grupo de cidades do Ciclo do Café no Vale do Paraíba. A Fazenda leva esse nome por causa  dos mulungús existentes, que é uma planta de crescimento espontâneo, alcançando entre 10 e 14 m de altura e de uso medicinal. Anteriormente chamou Fazenda  S. Francisco. 
Mantendo o foco do nosso blog que  é design e decoração destaquei este aspecto nas fotos que vou postar. Achei algumas peças de época muito bonitas como um enorme baú de couro usado em viagens, um biombo super trabalhado, antigo, mas não da época, lindo e os banheiros marcantes. A Sra Simone Marques Coimbra, atual proprietária, comandou a reforma do Solar São Francisco, casa Sede da Fazenda,  construído em 1831 de modo a preservar  da melhor forma possível a arquitetura da época e fez  um retrofit - que é como chamamos a modernização de um imóvel,  com as  comodidades modernas  mas preservando suas características de época, nos  banheiros e cozinhas. 
Sempre que  tiverem oportunidade incluam a região nos   roteiros de viagem de vocês. Será uma experiência muito agradável e, ao mesmo tempo fonte de aprendizado da nossa história antiga e atual pois a proprietária é ótima anfitriã e tem interessantes histórias de vida. Além   do lugar ser  realmente especial podemos   saborear um delicioso chá colonial ou realizar um evento.
 Agora, sem mais conversa vamos às imagens... 
Banheiro

Pé direito altíssimo e portas enormes
são característicos das construções do período.

Escada para o sótão original (1831)             
Espelho sobre lareira



Banheiro do quarto principal


Área de banho


Chá com a proprietária




Biombo antigo na área do porão


Uma das salas de refeição


Outro ângulo do porão
Porão onde ficavam presos os escravos,
 atualmente serve como salão de recepção.


                                                                                           
Baú  da época
                                                                                            
Entrada para o porão que abriga também
nova cozinha da fazenda e salão de recepção
Objetos da época



Pátio principal externo




Há muito mais para se conhecer. Para maiores informações acesse o site: www.visitevassouras.com.br


03 março 2011

02 março 2011

Boas Idéias

São as idéias simples que mais nos surpreendem em funcionalidade e resposta às nossas necessidades. Acho que em tudo - na vida como no Design e na Decoração.
Selecionei algumas interessantes:





Medidas do armário: 227 m de altura x 100m de largura x 61cm profundidade