31 janeiro 2010

Almofadas Bem boladas

Almofadas-elas são encantadoras e fazem muita diferença na decoração do quarto das crianças. Servem também como naninhas para os bebês.
























23 janeiro 2010

Decorando Ambientes específicos

Quando pensarmos em decorar um ambiente: quarto de bebê, por exemplo, devemos ter especial cuidado quanto à escolha dos tons para as paredes e a iluminação. O objetivo é se criar para o bebê um ambiente de tranquilidade e aconchego, remetendo ao que ele tinha no útero materno, sem contudo privar-lhe de bons estímulos. Para isso, deve-se levar em conta não somente o gosto pessoal dos pais, mas as necessidades do futuro ocupante do espaço. Podemos utilizar diversas tonalidades: do vermelho ao preto e branco ( por que não?), criando um quarto harmonioso. Aconchegante. Temos que ter em mente que o conhecimento, bom senso e sensibilidade devem estar reunidos para o desenrolar de tal tarefa e, que colorir o ambiente não passa somente pelas paredes- cortinas, pisos, revestimentos de estofados, almofadas, móveis, objetos e brinquedos são recursos que podem e devem ser utilizados.
Quanto à iluminação, a luz natural junto com a ventilação, são grandes recursos para deixar o ambiente arejado e asséptico. A iluminação artificial deve ser bem pensada para se agradável, colaborando para o bem estar da criança. Luz incidindo diretamente nos olhinhos do bebê, quando deitado no berço ou nos momentos de amamentação ou higiene, são bem desagradáveis. A luz indireta neste caso é sempre bem vinda.

Cores - Algumas dicas básicas

Cada cor tem sua vibração própria e provoca sensações diferentes nas pessoas. O emprego das cores deve- se basear, entre outros aspectos, na funcionalidade - como o espaço será usado( é uma sala, quarto adulto, infantil, bebê, home office, cozinha) e pelo clima que se deseja criar: intimista, aconhegante, imponente, descontraído, jovial, repousante.

A luz também é fator determinante, já que sem luz não há cor. Em ambientes com pouca luz natural, será interessante aplicar tons claros, pois tonalidades mais escuras tendem a "fechar" e diminuir visualmente o ambiente.

Assim, tonalidades vivas "esquentam" o ambiente. Cores frias (cinzas, azuis, alguns tons de verde...) são mais calmas, remetem à paz e tranquilidade. Tonalidades vibrantes (pink, coral, verdes mais carregados, vermelhos) dão personalidade, contrastam ou destacam paredes e objetos. Cores frescas iluminam os ambientes trazendo sensação de amplitude em espaços reduzidos (certos tons de verde, lilás, rosa clarinho). A cor também pode ser utilizada como ótimo recurso visual para personalizar espaços (quartos, salas de estudo) ocupados por dois irmãos de sexo diferente ou não, fato bem corriqueiro nos dias de hoje.

21 janeiro 2010

Babuchy ??? O que é isso?

Quando minha filhota estava começando a falar e seu vocabulario era ainda muito restrito, usava este termo principalmente quando queria comer alguma coisa. Era:"Mamãe, babuchy, babuuuchy!" Geralmente ela queria biscoitos. Não sei como, mas eu sempre entendia o que ela queria.
Gosto da sonoridade da palavra e, como Babuchy pode ser qualquer coisa,
e tem uma simplicidade bem infantil, passou a ser meu blog: Babuchy Decor,
onde posso expressar minhas idéias, apendizado, trocar informações e experiências, principalmente sobre projetos para quartos infantis e juvenis que é uma das minhas áreas de atuação predileta.
Mas, falando sobre decoração propriamente, existem dois pontos que são igualmente significantes nesta área: Manutenção dos espaços e a Cor empregada nos ambientes. Recentemente, ganhei de presente um livro lindo (Interior Style, by Lesley Riva) que tem uma chamada que considero excelente. Diz que "a cor é a nossa maior ferramenta de decoração. Capaz de transformar um ambiente, camuflar imperfeições e afetar nossos sentimentos". Assim, é de suma importância conseguir adequar tons e nuances aos diversos tipos de ambientes de uma residência, de uma loja ou ambiente de trabalho e isso passa pelo conhecimento do profissional de decoração e sua sensibilidade em harmonizar uma palheta de cores que seja agradável , adequada e dentro do gosto dos que habitarão ou passarão por aquele espaço. Existem regrinhas básicas. Comentarei em breve.

19 janeiro 2010

Finalmente.

Finalmente consegui fazer duas coisas que estava planejando há tempos: dar nova cor à minha bicicleta ergométrica e criar meu blog.Nunca entendi o motivo das ergométricas e outros aparelhos de manutenção física serem tão sem graça: branco, preto ou cinza. Primeiro eu queria pintá-la de rosa, mas acho que ainda não me daria o ânimo necessário para usá-la regularmente (tenho que me desfazer de 6kg), então lá vai estímulo: Dourado! Minha ergo agora é dourada. E o meu blog foi criado para troca de idéias e ideais de decoração e criatividade para deixar ou construir o lugar onde moramos , trabalhamos ou passeamos melhor para se viver, estar, sonhar.